Últimas Notícias

Localizar notícias:
Voltar

Retenção de líquido: o que é e dicas para evitar

Se você tem retenção de líquido ou sente o corpo inchado sem motivo aparente, este blogpost é para você. 

Acontece que, de maneira geral, as pessoas que sofrem desse problema costumam indicar a sensação de peso que ele traz, além de desconfortos, inchaços e edemas no corpo. 

De maneira geral, a retenção de líquido não costuma ser algo grave, mas é preciso ficar atento aos sintomas e tomar iniciativas na sua rotina para evitar a piora deles. 

Por isso, separamos informações essenciais para você conhecer mais sobre o tema e optar por ações mais saudáveis no seu dia a dia. 

O que é a retenção de líquido?  

A retenção de líquido nada mais é do que o acúmulo  anormal de líquidos dentro das células e tecidos dos organismos em locais como pernas, tornozelos, pés, rosto e barriga. 

Esses casos podem acontecer por vários motivos, como alimentação, excesso de sódio, complicações de doenças, alterações hormonais, sedentarismo, altas temperaturas, entre outros. 

Apesar de ser algo usual, é muito importante que você fique atento aos sintomas da retenção e observe se existe uma piora ou a apresentação de vermelhidão e falta de ar, por exemplo. 

Graus de retenção de líquido

Não sei se você sabe, mas existem alguns graus de retenção de líquido. Veja só: 

  • Grau 1: não apresentam ondulações ou irregularidades perceptíveis;
  • Grau 2: apresentam os furinhos perceptíveis na pele;
  • Grau 3: aparecimento de nódulos;
  • Grau 4: pacientes com muitos nódulos e pele com aspecto rígido.

Assim, a primeira etapa é aquela mais “leve” e pode ser resolvida com ações que estimulam a circulação. 

Nos graus medianos, a alimentação saudável e a prática de exercícios são ótimas opções para evitar procedimentos invasivos. 

Por último, o quarto grau é aquele que vai além do impacto visual, mas gera desconfortos e dores nos pacientes. Nesse caso, é importante consultar um especialista para examinar e ter a melhor solução. 

3 possíveis causas da sua retenção de líquido 

  1. Má alimentação 

O nosso corpo reflete a maneira como cuidamos dele, não é? Assim, ter uma alimentação equilibrada e prezar pela hidratação necessária pode evitar que esses casos ocorram. 

O excesso de sal, por exemplo, retém água e aumenta os inchaços, além dos alimentos  industrializados, que aumentam o desconforto. 

Aliás, manter a hidratação em dia auxilia no funcionamento das células e na eliminação do sódio. 

  1. Falta de atividade física 

O sedentarismo também aumenta a retenção de líquidos porque o exercício físico induz a contração muscular e, consequentemente, a circulação e a transpiração para a eliminação de água em excesso. 

  1. Uso de medicamentos 

Já ouviu falar que medicamentos engordam? 

Pois bem, em alguns casos, os remédios, como corticoides, podem causar inchaços na mãos e nos pés porque intensificam a reabsorção de sódio e de água do corpo. ⠀

O álcool facilita a retenção de líquido?

Essa é uma pergunta muito comum para quem sofre de retenção ou deseja evitar que os episódios aconteçam. 

De acordo com especialistas, a bebida alcoólica intensifica a glicose e a insulina do corpo, provocando o inchaço, além de, normalmente, as pessoas optarem por petiscos para acompanhar que podem ter um alto teor de sal. 

Saiba como acabar com a retenção de líquido 

Além dos pontos que já ressaltamos neste blogpost, como alimentação saudável, hidratação e exercício físico, existem algumas maneiras de auxiliar o seu corpo a diminuir a retenção. 

Uma das principais maneiras de evitar os inchaços é tomar chás diuréticos e algumas opções que você pode inserir no seu dia a dia são: cavalinha, hibisco e chá verde. 

Assim, quanto mais água você consumir, mais urina será produzida. 

Apesar de serem escolhas mais naturais, é muito importante que você procure a indicação de um especialista porque alguns ingredientes podem ter efeitos colaterais ou não funcionarem com o seu tipo de corpo. 

Além disso, em relação à alimentação, você pode optar por alimentos que possuem água em sua composição, como frutas, ervas aromáticas, aqueles ricos em potássio, entre outros. 

Por último, tomar remédios que ajudam na retenção de líquido pode ser uma ótima ideia também. Confira o próximo tópico! 

Qual o melhor remédio para a retenção de líquido? 

Como falamos anteriormente, a retenção hídrica é um grande problema para algumas pessoas e os remédios diuréticos podem ajudar – e muito! – a melhorar a situação

Eles aumentam a quantidade de água e sal expelidos pelos rins e, por isso, optar por aqueles mais naturais são boas alternativas. 

Por exemplo, o Slim Blend da Roval é um chá drenante composto por sete fitoterápicos com ação diurética, que auxilia na eliminação de líquidos e dietas de emagrecimento.

Além disso, ele ajuda também na: 

  • Queima de gordura corporal;
  • Sensação de saciedade;
  • Ação diurética e termogênica;
  • Boa absorção dos nutrientes.

Se você deseja saber mais como garantir o seu remédio para a retenção de líquido, clique aqui e confira o Slim Blend da Roval!


Voltar ao topo
Por
publicado 14/11/2023 - 12h00 | última modificação 01/11/2023 - 06h12